ALCÁNTARA

Inicie sessãoou registe-se para votar ou adicionar aos favoritos

Território: Spain

Descrição Turist:

O menir do Cabezo e alguns dólmenes denunciam a importante cultura megalítica presente nestas terras entre o Neolítico e o Calcolítico.
Foi romanizada no século II a.C., como demonstra a descoberta do “Bronce de Alcántara” e é a partir da construção da ponte (século II d.C.) que começa a aparecer nas fontes históricas.
Foi fortificada pelos muçulmanos para proteger o acesso à ponte, que acaba por lhe conferir o nome: Al-Qantara (A Ponte).
Tomada por Afonso IX em 1213, este delega a sua defesa à Ordem de Calatrava, que a encomenda à Ordem de San Julián de Pereiro (Portugal), que passa a chamar-se Ordem de Alcântara em 1218 e é nomeada sede principal.
Protagonista de numerosos conflitos durante a Idade Média, os Reis Católicos incorporam a Ordem na Coroa, perdendo-se alguns terrenos da sua jurisdição devido às sucessivas disputas bélicas.
Em 1703 Filipe V declara guerra a Portugal desde Alcántara (Guerra da Sucessão), momento em que volta a ter protagonismo como enclave estratégico.
As desamortizações do século XIX provocaram a ruína de grande parte do património. Durante o século XX, a guerra civil e a construção da barragem de José Maria Oriol marcam a evolução socioeconómica da povoação.